quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Projetos de Zeca Araújo visam a garantia dos direitos dos professores e o ingresso dos jovens nas universidades

Uma das grandes preocupações de Zeca Araújo, juntamente à sua esposa, a professora Joseni Maria, da rede estadual de ensino, diz respeito à educação, à forma como as crianças e os jovens cerrocoraenses estão sendo preparados para o futuro. Baseado nesse cuidado, o candidato a vereador elaborou propostas que visem à melhoria das condições de ensino do município, uma delas trata da defesa em prol dos direitos dos professores. Na Câmara Municipal, Zeca lutará pela formação continuada e remuneração digna para os docentes, bem como por melhores condições de trabalho, considerando que as escolas tenham infraestrutura necessária para oferecer uma educação de qualidade à população. 

Outro ponto é com relação ao ingresso dos jovens nas universidades. Levando-se em conta que, anualmente, menos de 10 cerrocoraenses conseguem uma vaga na faculdade, Zeca pretende incentivar a implantação de um curso preparatório intensivo para o Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM, já que, em breve, este será o principal meio de seleção para o ingresso no ensino superior. São José do Seridó, cidade de origem do candidato, é um município de pouco mais de 4 mil habitantes, mas que, através de ações como essa, tem conseguido colocar, por ano, mais de 30 jovens nas universidades e nos cursos mais concorridos, como os da área médica. E é este exemplo, esse tipo de trabalho que Zeca pretende desenvolver também em Cerro Corá, contribuindo para que a nossa juventude também possa fazer suas conquistas e acreditar num futuro cada vez melhor. 

Escolha o melhor para Cerro Corá, o vereador que vai defender os seus direitos na Câmara Municipal, construindo novos sonhos, criando novas possibilidades.  Zeca é mais trabalho e mais competência em prol do desenvolvimento.

2 comentários:

  1. O Brasil ascende como a 6ª potência econômica mundial, ultrapassando a Itália no ranking dos maiores PIBs do mundo. Por isso, não é aceitável que o país ainda apresente índices de escolaridade tão baixos. A região Nordeste apresenta um percentual de 4,7% de pessoas com nível superior completo, bem abaixo da média nacional que é de 7,9%.Diante dessa realidade, precisamos preparar nossos jovens para que os mesmos possam ingressar nas universidades. E para isso, se faz urgente pensar numa forma de prepará-los para o ENEM, já que esse exame é o "passaporte" para o ingresso às universidades. O Enem é pré-requisito para quem quer participar de programas de acesso ao Ensino Superior como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e as bolsas de estudo no exterior do Ciências sem Fronteiras. Como também, para a participação do SISU e de cursos de graduação oferecidos pelo IFRN, entre outros. Zeca estará junto comigo nessa luta. Vamos buscar as diferentes formas para proporcionar uma melhor preparação de nossos jovens para o ENEM.

    ResponderExcluir